quinta-feira, julho 27, 2006

As falhas no sítio errado

O rifte de Afar, na Etiópia, perto do Mar Vermelho, vive um período de grande actividade sísmica, que provocou a abertura de uma falha em terra, estendendo-se ao longo de 60 quilómetros e com cerca de 8 metros de fundo. Este fenómeno natural está a ser monitorizado por cientistas, que estimam que um mar pode nascer ali dentro de um milhão de anos. Por agora, a abertura progressiva da falha está a acentuar a separação das placas tectónicas da península arábica e de África, o que pode resultar no isolamento dos territórios que hoje são a Etiópia e a Eritreia; ou seja, uma parte significativa de África está a separar-se do continente africano.
Como na política, o dinamismo geomorfológico da Terra tem ciclos de abertura e fecho dos oceanos e mares. Só é pena que um rifte como o de Afar não atravesse a Avenida 5 de Outubro, em Lisboa, e esteja sob o gabinete de uma patética ministra, cuja arrogante ignorância e reiterada incompetência a leva a produzir Decretos ilegais de contratualização de professores e a autorizar ilegitimamente a repetição de exames como medida política paliativa para ocultar a irresponsabilidade que cabe por inteiro ao seu ministério, mudando com isso as regras do jogo no decurso do mesmo... A recente presença no Parlamento desta sinistra criatura demonstrou quão trágica é a condução dos destinos da Educação nesta ditosa e desleixada pátria.

Etiquetas:

9 Comments:

Blogger O Micróbio II said...

O ódio de estimação decretado neste blog chega a ter imensas semelhanças com o ódio entre o Hezbollah e Israel!... :-) Mísseis para cima deles!

5:11 da tarde  
Anonymous morffina said...

Era virá-la ao contrário, pegar nas pernas e rachá-la ao meio ... a partir da falha.

Vê lá se me visitas (com comments) amigalhaço! :-)

Abraço

MF

8:08 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Here are some links that I believe will be interested

12:27 da manhã  
Blogger al cardoso said...

O meu querido amigo, nao deseje tanto bem a Senhora Ministro, se tivessemos que esperar essa eternidade, estavamos "cozidos". Menos mal que sempre ha mudancas governamentais e legislativas de 4 em 4 anos. Que provavelmente pouco adiantaram, pelo que temos visto de ha muitos anos para ca, mas sempre existe a esperanca!!!

10:06 da manhã  
Blogger al cardoso said...

Adorei e fartei-me de rir, com o comentario do: Morffina; lolololololo

10:07 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Here are some links that I believe will be interested

8:37 da manhã  
Blogger O Micróbio II said...

Uma coisa esta ministra ainda não fez... reduzir as férias dos professores... :-) Boas férias!

10:15 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

I love your website. It has a lot of great pictures and is very informative.
»

10:52 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Interesting site. Useful information. Bookmarked.
»

9:46 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home