domingo, julho 08, 2007

Em ninho de cucos / 1

Em tempos remotos, em que se desconheciam processos de inseminação artificial, milagre seria Maria ter engravidado e parido (o que aconteceu mais de uma vez!) e, mesmo assim, ter continuado... virgem! Pouco dados a orgasmos, há idiotas que a reverenciam como "imaculada", daí talvez a "fé esclarecida". Moral da estória: fornicar perturba o esclarecimento!

3 Comments:

Blogger Ai meu Deus said...

Ai meu Deus! tu metes-te em mistérios demasiado grandes para a compreensão humana...!

12:53 da manhã  
Blogger O Micróbio II said...

Das duas uma, ou deves ter mandado uma queca esclarecedora ou então acabaste de ter mais um orgasmo mental acompanhado, certamente, de uns estridentes gritinhos... enquanto escrevias tal post. A diarreia mental continua em grande por aqui... atenção que as ETARS em Portugal só estão dimensionadas para tratar uma média de 57g de CBO/habitante (vulgar "merda")... e a que debitas por aqui ultrapassa em muito essa capacidade!

10:28 da manhã  
Anonymous Sem Quorum said...

Caríssimo micróbio: a violência extemporânea e a agressividade arrogante do tão comentário não me surpreendem - é próprio de quem não tem argumentos válidos para apresentar. Por um lado, como bom católico que és, destilas ódio e intolerância pela diferença (bons velhos tempos os da Inquisição, não é?), e defendes do modo mais brejeiro o reduto de paganismo da tua crença; por outro, a idiossincrasia que deixas transparecer nos teus posts e comentários são, eles sim, o paradigma perfeito do maniqueismo primário, da parcialidade evidente e do que efectivamente pode ser uma "diarreia mental". Vejo que percebes tecnicamente muito de ETARs, mas nem isso seria preciso, pois o catolicismo e a sua prática (já lidas com dejectos superiores às 57 g) já é CBO bastante para justificar a laicidade dos Estados mais desenvolvidos, a maior dos quais até são protestantes. Quanto à minha actividade sexual, não te preocupes com ela (não é da tua conta), mas pelo tom agreste e soez que usaste, desejo-te melhor sorte com a tua e não penses que todos te seguem em "estridentes gritinhos". Oxalá Bento 16 te venha a conhecer, pois darias um bom «cão-de-guarda» do Vaticano e, por exemplo, Calisto III ou Leão X não seriam tão competentes na hostilidade para com a heresia não católica...
Garanto-te que não alinho na linguagem rasteira que aqui usaste, porque privilegio a elevação intelectual na forma e no conteúdo, bem como a subtileza da ironia e não a crítica pimba. Espero que comeces a disputar a força dos meus argumentos com argumentos que não sejam os da força. Mas tem cuidado: a julgar por estas antológicas palavras que escreveste, estás longe, afinal, da compreensão do "perdão" cristão, e sacas da pistola com facilidade como no passado se sacava da tocha - "Pai, perdoa-lhe que ele não sabe o que (diz) faz"...
Abraço,
ALM

10:27 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home