quarta-feira, setembro 26, 2007

Humores # 15

1. Um professor de Filosofia propôs aos seus alunos um trabalho de dissertação em que, de forma o mais concisa possível, abordassem os seguintes domínios afins: Religião, Sexualidade e Mistério. O texto classificado com 20 valores foi o seguinte: «Meu Deus, estou grávida! Mas quem é o pai?»
2. Uma velhinha morre e, ao chegar à antecâmara celeste, depara-se com duas portas, uma azul e outra vermelha. Esclarecida por São Pedro de que a primeira eleva ao Céu e a segunda desce ao Inferno, a senhora ouve uma gritaria e um barulho de berbequim atrás da porta azul. Novamente o guardião celeste a esclarece de que momentos antes havia chegado uma outra senhora que, tendo escolhido o Céu, submetia-se agora a um furo nas costas e outro na cabeça para lhe serem colocadas as asas e a auréola.
Aterrorizada com a violência da propedêutica de acesso ao Céu, a velhinha asseverou a São Pedro que preferia ir para o Inferno, ao que este contrapôs que, nesse caso, ela iria ser reiteradamente violada pelo Diabo. Acto contínuo, responde a senhora em tom firme e decidido: "Quero lá saber! Pelo menos os furos já estão feitos!"
3. Uma professora pergunta aos seus alunos:
- Se estiverem cinco passarinhos num ramo de uma árvore e atirarem num deles, quantos ficam?
- Nenhum! - responde o Joãozinho - Todos fogem com o barulho do tiro.
A professora fica surpresa com a resposta:
- Não era essa a resposta que eu esperava, mas gostei do teu modo de pensar!
- Posso agora ser eu a fazer uma pergunta, senhora professora? - pergunta o menino.
- Podes, Joãozinho.
- Então é assim: três mulheres estão sentadas num banco a comer gelados. Uma está a lamber, outra esta a chupar e a terceira esta a mordiscar. Qual delas é a casada?
A professora fica corada e claramente embaraçada, mas responde, timidamente:
- A que esta a chupar!?
- Não, senhora professora! A casada é a que tem aliança no dedo, mas eu gostei do seu modo de pensar...

3 Comments:

Blogger morffina said...

Meu! Deus?

Cuidado com os furos do chupa!

É um modo de pensar que eu gosto.

Obrigado e Abraço
MF

4:38 da tarde  
Blogger Joshua said...

*

6:47 da tarde  
Blogger Joao Soares said...

Caro António Louro
Parabéns pelo blogue.Inclui-o no meu Dossier Terra Filosófica.Apreciei muito as duas imagens, uma do Scolari e outra do Parque da Arrábida e constam da minha última postagem (com referência ao Sem Quórum).
Seja bem-vindo ao BioTerra.
Saudações

8:14 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home