quarta-feira, julho 12, 2006

Um cartão amarelo para Madaíl

Há coisas que, por maior compreensão e tolerância que possamos ter, exorbitam o âmbito do tolerável e do compreensível e convertem a ousadia em sinónimo de insolência. Discordo em absoluto do comportamento de Gilberto Madaíl, que, na sua qualidade de Presidente da Federação Portuguesa de Futebol (consta que nesse cargo ganha cerca de 25.000 euros mensais), pediu ao governo que isente os jogadores da selecção nacional, presentes no Mundial da Alemanha, do pagamento de IRS relativo ao prémio de "apenas" 50.000 euros que lhes foi atribuído por terem chegado às meias-finais.
Considero reprovável um tal pedido, num país em que a pressão fiscal sobre os cidadãos é das maiores do mundo e em que o salário mínimo ronda uns míseros 400 euros. Isentar de IRS os jogadores da selecção, mormente numa conjuntura desfavorável como a que há muito vivemos, contrariaria princípios elementares de justiça fiscal e de equidade no tratamento dos cidadãos por parte do Estado, o que descredibilizaria ainda mais o poder político. Além disso, conceder em tal pedido significaria "tirar trocos a quem ganha milhões", para usar a expressão do insuspeito teórico neoliberal Medina Carreira.
Sei que a profissão de futebolista é de desgaste rápido, porém de tesouraria proporcional, designadamente ao nível da alta competição (então, que dizer dos mineiros, ou dos operadores de máquinas?); e ao beneficiarem de 50.000 euros só de prémio, tais jogadores ganharam mais num mês do que milhões de portugueses em cinco ou seis anos. E como premiar aqueles que, anonimamente, promovem o país com a sua simpatia, prestabilidade, competência e zelo profissional?
Este pedido cheira a formas subreptícias de subliminar nepotismo, sobretudo reportando-se aos jogadores da selecção: é que eu pensava que eles suavam a camisola das quinas por amor à mesma... E se tivessem sido campeões do mundo, é até provável especular que, para os seleccionáveis atletas, Gilberto Madaíl pedisse ao governo 1% do PIB! Prouvera a todos poderem reformar-se aos trinta e poucos anos...

Etiquetas:

6 Comments:

Blogger O Micróbio II said...

Isto não acontece todos os dias... o estar de acordo contigo!

11:26 da tarde  
Blogger al cardoso said...

Eu dava-lhe era um vermelho, ja estamos a necessitar de uma renovacao, na FPF.

7:54 da manhã  
Anonymous MORFFINA said...

PRRRRRRIIIIIIIIIIUUUUUUUUUU!!!!!!!!

6:15 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Hmm I love the idea behind this website, very unique.
»

3:59 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Very best site. Keep working. Will return in the near future.
»

7:17 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Very nice site! Hotels with internet access data recovery shareware Compare pre paid wirelss phone service plans comparison Zoloft and sleepless Does buying a home reduce fico score Cod delivery percocet Moulin rouge dresses to buy brakes volvo stop smoking Page 3 pornstars sex toys Nude fat teen men http://www.landrover7.info

3:34 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home