sexta-feira, junho 15, 2007

Não lhe ligaram cavaco!

O presidente Cavaco Silva, grande criador da lusa democracia de sucesso, indignou-se pelo facto de a RTP não ter feito a cobertura em directo e integral das comemorações soleníssimas do 10 de Junho. E, usando a sua magistratura de influência, apresentou o devido queixume e reparo à administração da estação pública. Esta, por sua vez, pediu imediatas desculpas e solicitou humildemente as presidenciais indulgências ao algarvio inquilino de Belém. Mas a RTP foi mais longe no sentido da remissão da pena e, mostrando a sua independência e autonomia editorial face aos poderes políticos, decidiu repetir a transmissão da cerimónia no próximo domingo, porém sem cortes.
Não seria melhor ideia transmitir o augusto evento, e em particular o discurso de Cavaco, em curtos episódios diários no horário nobre, ao longo da semana? Ou muito me engano ou, quando a cerimónia for transmitida em diferido, os shares de audiência da SIC e da TVI estão assegurados!

Etiquetas:

6 Comments:

Blogger morffina said...

I "share" your opinion.
Parece o regime de Pyongyang em que os coitados dos coreanos têm que aturar horas e horas da vida da "santa" dinastia Sung, se quiserem ver televisão.
O que vale é que temos mais canais.

Abraço
MF

5:59 da manhã  
Blogger O Micróbio II said...

E agora imaginem que o nosso ilustre presidente tinha a eloquência de um Fidel de Castro...

9:38 da manhã  
Anonymous Sem Quorum said...

É verdade Micróbio, pior seria o Fidel, embora ainda a anos-luz de um Salazar!!
Abraço,

12:42 da tarde  
Blogger O Micróbio II said...

Anos-luz? Quem de quem? O Salazar do Fidel... não tenho dúvidas!

1:59 da tarde  
Blogger Joshua said...

Ou muito me engano ou essa falta da RTP no passado 10 de Junho foi uma grosseira subestimação não apenas do 10 de Junho propriamente dito, mas da figura do Chefe de Estado que, aliás, é claramente um número 2 na hierarquia portuguesa, uma nulidade, porque assim Governo o querem, assim se quer ele mesmo.

Este Cavaco soft, cego, surdo e mudo em face das tropelias governativas é uma má notícia.

Abraço

12:04 da tarde  
Blogger antonio said...

Um "best off", para passar no próximo Domingo e repetir na RTP memória!

E não se trata de subnissão ao poder político, mas de serviço público, pois os portugueses (incluindo as nossas comunidades) ficaram lesados!

11:32 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home